Benefícios do Chá

Mas, do que é composto este chá?

O chá é composto por óleos naturais concentrados de plantas. E para a produção de apenas um frasco de 100 ml são necessários quilos e mais quilos de plantas cuidadosamente selecionadas para colher seu extrato.

As plantas usadas na produção deste chá, são:

• Carqueja do Uruguai Que ajuda no bom funcionamento do sistema circulatório, pois é vasodilatadora e depurativa. Além disso, possui poder antioxidante, analgésico gástrico, anti-inflamatório intestinal e ação hipoglicemiante, combatendo altas taxas de glicose no sangue.
• Chá verde yamamotoyama – É rico em fitoquímicos e polifenóis, que favorecem o controle de peso e ajudam a reduzir os níveis de glicose no sangue.
• Hortelã Portuguesa – Atua no trato do sistema digestivo e auxilia na produção de hormônios.
• Laranja Amarga – Ajuda no tratamento da obesidade, prisão de ventre, dispepsia, diurese, estresse, gripe, insônia, acúmulo de ácido úrico e muito mais.

Além de diversas outras vitaminas e nutrientes. veja a Matéria completa e como conseguir o chá Vitae, clique no botão abaixo.

 

Direto do EUA para o Brasil chega o Max

 

 

CASA APOSTA NO PAISAGISMO PARA SE INTEGRAR À PAISAGEM

 

Para garantir um clima relaxante e moderno, o andar térreo é totalmente integrado ao verde da parte externa. Para reforçar a ideia, o piso de mármore foi instalado nos dois ambientes, além das portas de vidro. “Montamos um jardim vertical na lateral inteira para dar aos moradores uma bela vista quando estivessem na sala de estar ou no jantar, e que, ao mesmo tempo, ocupasse pouco espaço. O jardim vertical ocupa, no máximo, 40 centímetros, mesmo que pareça muito mais”, diz a paisagista. A grama-amendoim, uma planta de sombra, circula a casa inteira e, na parte da frente (que é um pouco mais larga), Anna pôde acrescentar alguns elementos: um balançopara os filhos do casal, poltronas, uma cesta de basquete e vegetação baixa, para dar mais espaço aos moradores.

O jardim projetado por Anna ocupa a extensão inteira do muro, cerca de 10 metros de comprimento. É uma forma de embelezar algo que está ali para a segurança dos moradores. Porém, graças a sua grande extensão, o jardim vertical estava apertando o orçamento. A solução para economizar foi colocar, no muro de trás, uma trepadeira — já que elas crescem facilmente e ficam grudadas à parede, integrando-se com o verde do restante da casa.

Aliás, integração foi uma das palavras-chaves do projeto. “A rua dessa acasa caba em uma mini floresta, que faz parte do Jardim Botânico. Então eu repeti todas as plantasda Mata Atlântica, que é o que tem no Jardim Botânico. É a nossa flora carioca”,  explica a paisagista.

Sempre pensando na privacidade dos moradores, Anna também criou uma cerca-viva na área da piscina, onde predominam jardineiras fartas de fácil manutenção e mais resistentes ao sol. Além da cerca, foram acrescentados vasos, que protegem ainda mais a privacidade dos moradores. Localizada no terraço, a piscina é rente à fachada da casa, e a cobertura conta também com um spa, um lounge protegido por uma pérgula com trepadeiras e uma mesa comprida para o casal receber convidados.